solidariedadeINSSA Comissão Nacional de Assistentes Sociais da FENASPS vem a público, por meio do “Conexão Serviço Social do INSS”, denunciar os ataques que vem sofrendo 19 servidoras/es do INSS do Estado de Minas Gerais, dentre as quais 8 tiveram perdas salariais, mas essas/es trabalhadoras/es não estão sozinhas!

O processo de destruição da Previdência Social não se dá apenas com mudanças na Constituição e outras Leis, Governos e alguns gestores do INSS também destroem a Previdência Social por dentro ao restringir direitos e dificultar acesso aos benefícios, seja através da mudanças internas de fluxo, fechamento de agendas para determinados serviços, ou com a implantação de novas tecnologias num contexto onde parcela considerável de trabalhadores/as não tem acesso a essas ferramentas, um exemplo.

E para quem se opõem a tudo isso, resta a perseguição, o assédio, o abuso de poder por parte de alguns gestores. As/os servidoras/es de Minas Gerais que não aceitam a prática de desvio de função e demais medidas arbitrárias e machistas tiveram parte considerável do sustento de suas famílias usurpada com avaliações negativas de desempenho como forma de punição, porém Somos todas/os classe trabalhadora!

Em solidariedade pela defesa do dever público e profissional iniciamos campanha financeira para recompor os valores que foram retirados. resistimos e lutamos pela Previdência Social Pública e pelos serviços públicos que são direitos da população e vivem sob permanentes ataques. NINGUÉM SOLTA A MÃO DE NINGUÉM!

Até o dia 17/02/19 precisamos alcançar a quantia de R$ 25.980,24 (valor corresponde aos descontos e taxas de administração do sítio de arrecadação). Contamos com vocês!

Some-se nesta luta, indigne-se frente essa injustiça. Divulguem essa mensagem entre seus contatos, mobilize colegas de trabalho, amigos/as. Vamos reverter essa injustiça, solidarize, contribua, não importa o valor.

 

Estamos na reta final da campanha nacional em solidariedade aos assistentes sociais de Minas Gerais, que tiveram parte de seus salários confiscados por defenderem a Previdência Social Pública e o Serviço Social do INSS. Faltam 11 dias para terminar, até o momento alcançamos 60% do valor.

Importante nossos sindicatos contribuírem, bem como, reforçar a campanha com suas diretorias e a base nos Estados.

Além de uma campanha financeira, esse é um Ato Político contra o assédio moral no trabalho.

É simples e rápido de contribuir, basta acessar o link abaixo. É possível contribuir com cartão ou boleto bancário. Acesse aqui.

Av. Afonso Pena, 726 - 4º andar - Bairro Centro - CEP: 30.130-003 - Belo Horizonte/MG
Telefone: 0(xx31) 2552-1610 - Fax: 0(xx31) 2552-1631 - 0800.600.16.11